domingo, 12 de junho de 2016

MICHAEL SULLIVAN

Michael Sullivan, nome artístico de Ivanilton de Sousa Lima (Recife, 9 de março de 1958), é um cantor, músico, compositor e produtor musical brasileiro. É também irmão do cantor e compositor Leonardo Sullivan.
Começou cantando na noite do Recife com quatorze anos de idade. Aos quinze anos participou de alguns concursos de calouros como; Varieté, de Nilson Lins, na Rádio Jornal do Commercio. Ganhou o primeiro lugar e recebeu o prêmio, a carteira profissional da Ordem dos Músicos do Brasil e um contrato com a TV Jornal do Commercio e, assim, iniciou sua carreira de cantor, nos programas da emissora Você faz o Show, Noite de Black Tie e Bossa 2, se consagrando desde então como revelação pernambucana.

Aos dezesete anos mudou-se para o Rio de Janeiro, onde conheceu Hyldon (com quem compôs sua primeira música em 1968), Renato Piau (guitarrista que trabalhou com Tim Maia) e Tinho (saxofonista e arranjador que trabalhou com Tim Maia e um dos fundadores da Banda Vitória Régia). Formaram então o grupo Os Nucleares, que conheceu a sua primeira gravação no ano 1969 em vinil pela RCA.
Travou conhecimento com Cassiano e Tim Maia, com quem aprendeu a tocar violão. Gravou a primeira composição de sucesso da dupla Sullivan e Massadas, Me dê Motivo.
Aos dezenove anos integrou o grupo Os Selvagens, e aos 21 anos, o grupo Renato e Seus Blue Caps como cantor e guitarrista. Sua passagem por essa banda resultou em seis discos de ouro, cuja vendagem chegou a mais de 1.000.000 de discos.
Ainda no “Renato e seus Blues Caps”, Michael Sullivan iniciou sua carreira solo com a música My Life (sua segunda composição), que fez parte da trilha sonora da novela O Casarão, da Rede Globo. O compacto My Life tornou-se para o mercado fonográfico um dos mais vendidos no país, superando a marca de 1.000.000 de cópias, o que equivalia a um disco de Diamante.
Em 1978, fez o LP pela Capitol Um mundo Melhor Pro Meu Filho, e em 1979, o LP Michael Sullivan pela K-Tel.
De 1980 a 1986 foi integrante do grupo The Fevers.

Paulo Massadas, quem conheceu em 1979, foi parceiro frequente de suas composições por 16 anos. A Dupla é responsável por muitas canções de sucesso.
Em 1988, a parceria fez o disco Sullivan e Massadas pela gravadora BMG com a participação de Sergio Mendes e Jermaine Jackson. Um disco bem aclamado pela crítica.
Em 1989, a dupla fez um compacto com o apresentador da Rede Globo Fausto Silva (Faustão) pela Som livre, Do tempo que, primeira música de abertura do programa Domingão do Faustão.
Em 1990, foi editado o disco Sullivan e Massadas ao vivo, gravado no teatro da SUAM, com sucessos da dupla lançados pela gravadora Som Livre.
Em 1992, dando continuidade a sua carreira solo, Michael Sullivan faz o CD Talismã, sucesso de crítica da sua trajetória solo.
Em 1994, a dupla se desfez.

O seleto número de sucessos rendeu à dupla Sullivan e Massadas um recorde, que foi publicado no Guiness Book, identificando-a como a dupla de compositores com maior número de discos nas paradas de sucessos no menor espaço de tempo.
Em 1995, já morando nos EUA, lança na gravadora Warner Music o CD de título Michael Sullivan.
Em 1998, Michael Sullivan teve a oportunidade de voltar às suas origens fazendo um CD de Black Music, com a participação de Cassiano, composições de Hyldon e uma homenagem ao seu professor Tim Maia, no CD Caminhos do Coração, da gravadora Som Livre. Esse disco foi sucesso de vendas e crítica, e teve a canção Coração Vazio como parte da trilha sonora da novela Corpo Dourado, chegando a disco de ouro.
Em 2003, Michael Sullivan, já no Brasil, lançou o CD Duetos com grandes vozes, como; Simone, Xuxa, Alcione, Sandra de Sá, Tim Maia, Fafá de Belém, Fagner, Joanna entre outros pela Gravadora Sony Music, procurando sintetizar toda a sua obra e assim fechar um ciclo de quatro décadas de sucessos.

Em 2007, Sullivan se fixa e rebusca o seu lado (sempre Black) com o novo CD Sullivan Nu Soul com composições em parcerias com Carlinhos Brown, CD que sai pelo seu novo selo independente Graffite Music.
Em 2010, Sullivan lança o DVD/CD Duplo Sullivan Ao Vivo - Na Linha do Tempo pela Gravadora Universal. Gravado ao vivo em estúdio, com participações dos artistas e parceiros Carlinhos Brown, Martinho da Vila, Daniel Jobim, Jorge Aragão, Arnaldo Antunes, Roberto Menescal e Anayle Lima. A apresentação gravada em setembro de 2009 no PlayRec Studios (RJ), em estilo intimista, lembrando os bares de blues de Nova Orleães, reúne uma big band e 26 músicas (22 faixas), apresentadas nos formatos DVD e CD (volumes 1 e 2). A direção de áudio do projeto é assinada por Junior Mendes e Michael Sullivan, enquanto que João Elias Jr. e Luciana Bellini comandam a direção de vídeo. Além das canções conhecidas, o cantor incluiu as inéditas Baladeiro (com Hyldon), Açúcar (com Dudu Falcão) e Doce Cabana (com Carlinhos Brown).
Em 2013, Sullivan lança o CD Mais Forte Que o Tempo com diversos artistas do MPB interpretando suas composições.
Produziu grandes cantores da MPB, como: Tim Maia, Alcione, Sandra de Sá, Danilo Caymmi, Antônio Marcos, Serguei, Xuxa, Sidney Magal, Fafá de Belém, Roupa Nova, Joanna, Paulo Ricardo, Rosana Fiengo, Fagner e cantores infantis como Trem da Alegria, Balão Mágico, Atchim & Espirro entre outros.
Michael Sullivan foi convidado a trabalhar e morar nos Estados Unidos - Los Angeles e Miami - para ali compor e produzir nomes, como Ricky Martin, Chayanne, Ana Gabriel, Menudos, Chicos de Boulevart, Yuri, Robi Rosa e Michael Sembello entre outros.
Sullivan alcançou o topo das paradas de sucesso em 60 países no mundo inteiro, incluindo as Américas, a Europa e o Oriente. Como produtor, vendeu mais de 60 milhões de discos, no Brasil e em toda América Latina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário