domingo, 22 de novembro de 2015

MOACIR SILVA ( BOB FLEMING )

Moacir Silva (Cataguases/MG 1940 — Conselheiro Lafaiete, 13 de agosto de 2002) foi um saxofonista e produtor musical brasileiro.
Moacyr aprendeu a tocar saxofone com professores anônimos de sua cidade natal. Aos 10 anos, já integrava uma banda de Conselheiro Lafayette, e logo depois que se mudou para o Rio de Janeiro, aos 17 anos, fazia parte da banda do destacamento militar onde serviu o Exército.
Moacir tocou nas orquestras dos maestros Fon Fon e Zacarias. Foi diretor artístico da Copacabana Discos e gravou alguns discos antológicos, inclusive Sax Voz, com Elizeth Cardoso.

Seu apelido era Bob Fleming, idéia do produtor Nilo Sérgio. Moacyr Silva nasceu em Cataguases, Minas Gerais, em 1940, e faleceu em 2002, em Conselheiro Lafaiete. Ele foi um saxofonista e produtor musical brasileiro. Só que ele não era apenas o Moacyr Silva, porque, por várias vezes, ele foi também o Bob Fleming. Mas o Bob Fleming também nem sempre foi o Moacyr Silva, porque outro saxofonista brasileiro, chamado Zito Righi, também foi o Bob Fleming.
Sua estratégia, de criar um saxofonista de nome norte-americano, tocando os hits do momento, como boleros, baladas e até bossa-nova, deu certo, e vendeu milhares de cópias. Sabem aonde? No Brasil, é claro. Nilo Sérgio reconhecia que poderia se aproveitar comercialmente dessa velha mania brasileira de almejar ser a Europa ou os Estados Unidos, e consumir o que vem de lá sem sequer analisar o conteúdo.


Moacyr Silva não era o Bob Fleming, um gênio do saxofone mundial, mas somente um saxofonista pobre, brasileiro, muito versátil, além de tocar jazz, bolero, e quaisquer outras coisas que viessem, era bom de samba... Poder-se-ia dizer que o Moacyr era melhor do que o próprio Bob Fleming.

Nenhum comentário:

Postar um comentário