quarta-feira, 8 de maio de 2013

FAÍSCA E FUMAÇA (desenho)

Os corvos mais malucos dos desenhos animados foram criados por Paul Terry em cima de uma idéia até então pouco explorada no mundo dos cartoons: gêmeos idênticos. Produzida pela Terrytons para a Warner em 1946 e transmitidos por vários canais de televisão no Brasil, nos anos 60, 70 e 80, a série animada Faísca e Fumaça não teve cores até 1960. A série durou 53 episódios até 1971, quando já era em cores.


Faísca e Fumaça era irmãos idênticos em praticamente tudo, nos movimentos quase o tempo todo sincronizados, e até na voz, já que o diretor da série, Mannie Davis, fez questão que um único ator dublasse os dois personagens na versão original. Na verdade a única diferença está no nome dos personagens, mas a dessemelhança na versão original também é bem pequena, um se chama Heckle e o outro Jeckle, ou seja, apenas a primeira letra de cada nome.


Os dois vivem tentando atacar uma plantação de milho, o que acaba sempre os colocando em apuros, que eles contornam muito bem usando pra isso a velha e boa malandragem e esperteza. Por aprontarem várias, Faísca e Fumaça são sempre perseguidos. Em alguns desenhos os dois aparecem até como presidiários, só para evidenciar o caráter nada agradável desses dois corvos malucos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário