quarta-feira, 27 de março de 2013

DANIEL BOONE (Seriado)


Daniel Boone foi uma das séries de TV pioneiras a falar sobre os colonizadores norte-americanos.  A série estreou no dia 24 de setembro de 1964 pela NBC e ficou até 10 de setembro de 1970, num total de 165 episódios produzidas pela 20th Century Fox Television.
Na época em que foi lançado, Daniel Boone surpreendeu a todos e transformou-se em um grande sucesso em pouco tempo de exibição, competindo de igual para igual com outras séries como Batman  e Os Monstros.


A série era centrada na vida dos pioneiros americanos e era uma elegia à pureza dos antigos valores norte-americanos. Discutia também a relação entre o homem branco com os índios e os métodos utilizados para que o território pudessem ser conquistados.  Ainda nesse cenário encontravam-se famílias em busca de uma vida melhor, caçadores de recompensas e de peles, oportunistas que tentavam vender armas aos índios e que ao mesmo tempo destruíam suas casas.       
 A música de abertura ficou bem famosa também no Brasil. Uma década antes de viver Boone, Fess Parker já havia tido uma experiência com outro popular herói tradicional americano: David Crockett. Ele havia vivido o personagem não na TV, mas no parque da Disneylândia. Parker realmente gostava da natureza, ele montou uma espécie de rancho nos Estados Unidos, estilo dos pioneiros para as pessoas curtiram a natureza, que funciona até hoje.
O ator Ed Ames, que interpretava o índio Mingo, não participou das últimas duas temporadas da série (foram seis anos de exibição).
Em 1977, a CBS lançou um seriado chamado Young Dan'l Boone que mostrava a juventude do personagem e durou apenas quatro episódios.

A História.

Daniel Boone é um corajoso pioneiro, caçador e aventureiro que é casado com Rebecca e possui dois filhos, Israel e Jemima. Ele se estabeleceu com sua família na fronteira dos Estados Unidos a leste do Mississipi. Ao lado do amigo Mingo, um índio Cherokee que foi educado em bons colégios, Daniel Boone enfrenta problemas sociais e vive suas aventuras entre índios, em meio as dificuldades da América no século 18. Com a saída do ator Ed Ames (Mingo) da série, o personagem foi substituído por outro índio chamado Gideão (Dom Pedro Colley).
Daniel Boone ainda tinha como amigo o taberneiro Cincinnatus.



Nenhum comentário:

Postar um comentário