quarta-feira, 29 de agosto de 2012

THE DIAMONDS

The Diamonds é um quarteto Canadense  que ganhou destaque nos anos 1950 e início dos anos 1960, com 16 discos de sucesso da Billboard. Os membros originais eram Dave Somerville ,Ted Kowalski , Phil Levitt , e Bill Reed .  Eles foram mais conhecido por interpretar  rhythm and blues , doo wop e música pop . Ao contrário do mito popular, o pai de Tom Hanks nunca foi um membro do grupo.

Em 1953 Dave Somerville , enquanto trabalhava como engenheiro de som para a Canadian Broadcasting Corporation , em Toronto , Canadá , reuniu três outros caras numa noite para cantarem . Eles decidiram então formar um quarteto de stand-up chamado The Diamonds. Primeira apresentação do grupo foi no porão da Igreja de São Tomás de Aquino. A reação do público para o grupo liderado por  Somerville foi tão grande que eles decidiram que iriam  virar profissional.
Após 18 meses de ensaio, eles foram  para Nova York e conseguiram  1 º lugar em Scouts Arthur Godfrey Talent . O prêmio seria uma semana no show de Godfrey o que levou a um contrato de gravação com  Coral . Músico profissional, Nat Goodman, tornou-se seu empresário. O Coral lançou quatro músicas, sendo a mais notável  "Black Denim Trousers & Motorcycle Boots", escrito por Jerry Leiber e Mike Stoller .
O próximo grande passo foi uma audição em Cleveland , Ohio , com disc jockey, Dr. Bill Randle , que tinha ajudado no sucesso de alguns grupos populares, como The Crew-Cuts, Randle ficou impressionado com The Diamonds e os apresentou a um produtor da Mercury Records , que assinaram o grupo para um contrato de gravação. Naquele tempo os artistas negros não eram  tocadas em estações de rádio de proprietários brancos.
A primeira gravação dos The Diamonds para a Mercury foi "Why Do Fools Fall in Love" (Original de  Frankie Lymon and the Teenagers)que alcançou a posição # 12 em no EUA como seu primeiro hit, e ,"The Church Bells May Ring" (originally by The Willows), atingiu o # 14 no  EUA

Os maiores sucessos de 1957 dos Diamonds  foram " Little Darling ' "(originalmente gravada por The Gladiolas ) e " The Stroll ", uma canção original escrita para o grupo por Clyde Otis , a partir de uma idéia de Dick Clark .
 Apesar de terem um contrato para atuarem em rock and roll , a Mercury também fez parceria  com o compositor e arranjador de jazz, Pete Rugolo. O álbum, intitulado "The Diamonds encontra Pete Rugolo",  permitiu a eles retornar às suas raízes .
O grupo cantou "Little Darlin '" e "Where mary go" no filme O Big Beat , e cantou a música tema de outro filme, Kathy-O .


Suas aparições na televisão foram  nos programas de TV de Steve Allen , Perry Como , Vic Damone , Tony Bennett , Eddy Arnold e Paul Winchell . Eles também apareceram no American Bandstand .
No final dos anos 1950 Reed, Kowalski, e Levitt deixou o grupo e foi substituído por Mike Douglas, John Felten, e Fisher Evan.



 1960 e 1970

Apesar do estilo em constante mudança de rock & roll e seu contrato expirando na Mercury, The Diamonds continuaram em turnê pelo país. Há uma crença popular de que os Diamonds se separaram  no início da década. Isto não é verdade. Embora  Dave Somerville ter deixado  o grupo em 1961 para seguir uma carreira de cantor popular como "David Troy",isso  não afetou  o grupo. Ao longo dos anos 1960 e 1970 The Diamonds continuaram a fazer shows  principalmente em Las Vegas  em  primeiro momento, com Mike Douglas, mais tarde  continuado por Glenn Stetson. Ao mesmo tempo, havia pelo menos dois grupos de teatro com o nome The Diamonds, o outro, principalmente sendo conduzido por João Felten até sua morte, em 17 de maio de 1982, em um acidente de avião. Isso criou um problema no final de 1980 que finalmente terminou no tribunal. O direito ao uso do nome "The Diamonds" foi premiado com Gary Owens (um membro do grupo Felten) com os membros originais sendo autorizados a usar seu nome em ocasiões especiais a cada ano. Owens, juntamente com os membros Bob Duncan, Steve Smith (ambos ex-membros do Lawrence Welk banda e programa de televisão) e Gary Cech, lançou um álbum em 1987, "Diamonds Are Forever", que continha duas músicas que entraram nas colocações mais baixas da música country, "Just a Little Bit" and "Two Kinds Of Women".
 
 The Diamonds recebeu atenção nacional, mais uma vez em 2000, quando os membros originais foram convidados para cantar no TJ Lubinsky da PBS produção de Do-Wop 51 , ​​e novamente na produção PBS intitulada Momentos Mágicos-O Best Of Pop dos anos 50 , em 2004.
Stetson recebeu um transplante de coração em 2000, e morreu em 2003. Membro original Kowalski morreu em 8 de agosto de 2010, a partir de doenças do coração , com a idade de 79 anos.
Em 2012, The  Diamonds  foram listados como estrelas convidadas com o fabuloso Follies Palm Springs , no Teatro Plaza , em Palm Springs, Califórnia .



domingo, 26 de agosto de 2012

BOBBY RYDELL

Bobby Rydell (nascido Robert Louis Ridarelli , 26 de abril de 1942, Filadélfia , Pensilvânia ) é um  cantor americano , de rock and roll music. No início de 1960 ele foi considerado um  " ídolo teen ". De acordo com o Allmusic jornalista de música Kim Summers, Rydell,se interessou pelo  show business desde idade de quatro anos, "é um dos mais procurados pelas   discotecas e show nos EUA . Sua atuação em Bye Bye Birdie e suas gravações " Wild One "e" Volare "fez dele um artista famoso na década de 1960. Rydell usou seus talentos como um imitador e baterista.

 Em 1950, Rydell competiu na série amador de talentos da TV, Paul Whiteman 's TV Adolescente Clube ; sua vitória em  primeiro lugar fez  ganhar um papel regular na série. Ele trabalhou com a série Whiteman por três anos, mudando seu nome para  Bobby Rydell. Ele mais tarde se juntou a várias bandas locais, na Filadélfia. Como um adolescente baterista, ele tocou ao lado de Frankie Avalon em um conjunto musical conhecido como Rocco e os santos.  Mais tarde, ele   estréia  o sucesso  " Kissin Time ' ", gravado durante o verão de 1959.  Rydell foi considerado um "ídolo teen" juntamente com Frankie Avalon, Pat Boone  , Fabian , Johnny Tillotson , Jimmy Clanton e Bobby Vee . Em maio de 1960, Rydell excursionou pela  Austrália com The Everly Brothers , Billy "Crash" Craddock , Marv Johnson , The Champs e Os Grilos , gravando uma versão australiana de "Kissin Time '" para o evento.


Seu segundo sucesso "We Got Love" , ganhou  disco de ouro .  "Wild One",  foi a segunda de um milhão de venda única em 1959, seus sucessos continuaram com "Swingin 'School" "Ding-a-Ling", e o álbum com milhões de vendas "Volare" no ano seguinte.  Depois  de fazer suas primeiras gravações com sucesso, ele continuou um solo de carreira, se apresentando no Copacabana em Nova York em 1961, onde ele era o mais jovem artista  da boate. Em fevereiro de 1961, ele apareceu no du Rock Festival , no Palais des Sports de Paris em Paris , França .
 Rydell lançou a música "Wildwood Days" em 1963. A canção é sobre a cidade de  Wildwoods em Nova Jersey. Sua cidade natal, Filadélfia, também tem um raio de quatro quarteirões renomeado "Bobby Rydell Boulevard", onde o artista cresceu. 


Em 1963, ele tocou Hugo Peabody no filme versão de Bye Bye Birdie com Ann Margret e Dick Van Dyke . A produção de palco original do Bye Bye Birdie não teve nenhum papel de língua real para o personagem de Hugo, mas o roteiro do filme foi reescrito especificamente para expandir a parte de Rydell. Em 2011, a Sony Pictures digitalisou  este filme. Rydell e Margret estavam presentes na estréia de restauração em Beverly Hills pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas .

Rydell em 1960.

Durante os anos de 1960, Rydell teve inúmeros hits na Billboard Hot 100 chart registro . Sua carreira musical lhe rendeu 34 Top 40 hits, colocando-o no Top 5 artistas de sua época ( Billboard ). Estes incluíram seus sucessos mais populares, de 1960 "Wild One" (sua maior pontuação única , no número 2). Outras canções incluídas, " Volare "(número 4)," Swingin 'School "(número 5)," Kissin' Time "(número 11)," Sway "(número 14)," I ve got  Bonnie "(número 18 ) e "O Cha-Cha-Cha" (número 10). Seu último grande sucesso nas paradas foi "Forget him" (que alcançou o número 4 no Hot 100 em 1964). A canção foi o seu quinto e último disco de ouro.


Durante este tempo, Rydell também se apresentou em muitos  programas de televisão. Em 6 deoutubro de 1964, ele foi convidad com ator  para um episódio da série de televisão , Combat! 
Rydell continuou a se apresentar em boates , clubes e jantares em Las Vegas   ao longo dos anos 1970 e 1980.   ele regravou seus antigos sucessos em 1995 para gravadora  K-Tel .

Rydell continuou a se apresentar como   ator, e excursionou como parte da produção "Os Meninos de Ouro" Fase de sucesso desde 1985 (com Frankie Avalon e Fabian). No entanto, Rydell cancelou sua turnê 2012 na Austrália porque sua saúde havia se deteriorado significativamente, e ele estava necessitando de cirurgia urgente. Em julho de 2012, Rydell passou por um transplante de órgão duplo para substituir o fígado e os rins na Thomas Jefferson University , em sua cidade natal, Filadélfia.

sábado, 18 de agosto de 2012

BLUE HAWAII ( Feitiço Havaiano ) ELVIS PRESLEY


Dia 16/08 nesta quinta feira foi lembrado no mundo inteiro o aniversário  da morte do rei ELVIS PRESLEY, já fazem 35 anos, mas para nós que amamos a sua música ele nunca será esquecido, sempre será lembrado como o rei do Rock, por isso como forma de marcar esta data estou postando para todos os amigos " dos Bons Tempos " o filme Blue Hawaii ( feitiço Havaiano) , para relembrarmos também a sua incrível interpretação no cinema.





Após prestar o serviço militar, um jovem (Elvis Presley) volta para a casa dos pais em Honolulu, no Havaí, e começa, contra a vontade deles, a trabalhar em uma agência de turismo. Ao mesmo tempo seduz as funcionárias do hotel ao som de românticas canções.

É neste filme que Elvis interpreta "Can't Help Falling in Love". O sucesso foi tão grande que a trilha sonora lançada pela RCA Victor foi o disco mais vendido em toda década de 60, isso num período de Beatles e Rolling Stones! Anos mais tarde a Disney lançaria o desenho Lilo & Stitch trazendo referências de Blue Hawaii. Alguns críticos de cinema acreditam que devido ao sucesso de Blue Hawaii acabou gerando a "fórmula Elvis" no cinema. Essa "fórmula" consistia em colocar Elvis sempre ao lado de lindas garotas, cantar algumas canções e entrar em alguma briga. Com essa formula o Coronel Parker tornou Elvis o ator mais bem pago dos anos 60!



O filme também associa a imagem de Elvis com a imagem do surfista, muito em voga na década de 60. No Brasil o filme foi lançado em VHS e em 2010 lançado em DVD pela Paramount.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

THE MARMALADE

Marmalade é uma banda escocesa de pop rock formada em 1961 em Glasgow por Dean Ford (vocais), Junior Campbell (guitarra, vocais), Graham Knigh (baixo, vocais), Pat Fairlie (guitarra rítmica, baixo) e Alan Whitehead (bateria). Inicialmente adotaram o nome "The Gaylords" e posteriormente "Dean Ford and the Gaylords", Por volta de 1964, o grupo conseguiu assinar um contrato com a gravadora Columbia (EMI) e gravaram quatro singles, mas não conseguiram nenhuma grande repercussão. O grupo permanecia conhecido apenas na Escócia e assim resolveram tentar a sorte no Reino Unido. Mas, antes disso em 1965 fizeram uma grande turnê pela Alemanha e depois partiram para Londres, onde começaram a tocar em clubes famosos e a conselho do seu empresário decidiram mudar completamente a imagem da banda, a forma de tocar e em 1966 passaram a assumir o nome de The Marmalade. Passaram também a utilizar o selo CBS e gravaram algumas músicas e conseguindo algum sucesso com “I See the Rain” que chegou a ser elogiada por Jimi Hendrix.

Durante essa época mudaram-se para Londres e tocaram servindo de apoio para outras bandas mais famosas como Pink Floyd e The Action, e assim foram construindo o nome do conjunto, incluindo turnês com os The Who, Joe Cocker, Traffic, Gene Pitney e The Tremeloes. Apesar de conseguirem um certo nome, The Marmalade ainda precisava de um bom sucesso comercial o que deixava bastante preocupada a gravadora CBS, até que conseguiram gravar um cover de The Beatles, a canção "Ob-La Di, Ob-la-Da", que vendeu milhares de cópias no Reino Unido, fazendo o conjunto aparecer freqüentemente na BBC.


Por essa época mudaram para Decca Records, que permitiam a eles escrever e produzir suas próprias músicas e assim gravaram, entre outras músicas, “Reflections of My Life” que se tornou um hit no mundo inteiro, chegando aos 10 melhores na Europa e Estados Unidos e em grande parte da América do Sul. A música abriu o caminho para outros sucessos como “Rainbow” e “My Little One”. Em 1971 Ford deixou a banda para fazer carreira solo e com isso começaram novamente várias mudanças, que culminou na perda do baterista Alan Whitehead. Novos integrantes foram recrutados para The Marmelade e assim continuaram a prosseguir fazendo outros sucessos.

O período de mais sucesso do grupo foi entre o final da década de 1960 e começo de 1970, quando emplacaram diversos hits nas paradas musicais do Reino Unido.
Mesmo sem contar com nenhum dos integrantes originais, a banda continua a gravar e a se apresentar ocasionalmente.

domingo, 12 de agosto de 2012

THE TREMELOES

The Tremeloes é uma banda de rock and roll britânica formada em 1958 em Dagenham, Essex por Brian Poole (vocais), Ricky West (guitarra), Alan Blakely (teclados), Alan Howard (baixo) e Dave Munden (bateria). Em 1962, fizeram um teste na Decca, competindo com outro grupo por um contrato de gravação. Foram aprovados, enquanto a outra banda, The Beatles, foi dispensada.

Emplacaram alguns hits nas paradas musicais do Reino Unido durante a década de 1960, embora jamais tenham conseguido superar novamente seus "rivais" de estúdio.

Os Tremeloes ainda experimentavam um considerável sucesso, especialmente com faixas como  "Even the Bad Times are Good", "Suddenly You Love Me"  e " Silence is gold"

Apesar de passar por diversas mudanças em sua formação, a banda continua a gravar e a se apresentar ocasionalmente.



sexta-feira, 10 de agosto de 2012

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

LASSIE

"LASSIE" é o nome de uma das séries TV mais populares e ainda recordadas entre nós.
Trata-se de uma série norte-americana, exibida inicialmente entre Setembro de 1954 a Março de 1974. Ao todo foram 19 temporadas e 588 episódios de cerca de 30 minutos cada. Um caso raro de longevidade televisiva.

Lassie é uma cadela da raça collie, que se destaca pela sua beleza, inteligência, coragem e fidelidade aos seus donos, quase sempre crianças, resolvendo e ajudando situações do dia-a-dia. Os donos de Lassie foram diversos de acordo com as alterações introduzidas à série, como de resto seria normal num período tão longo de produção. Jeff Miller (interpretado por Tommy Rettig dos episódios 1 a 116), um miúdo de 11 anos, desde o início da série até à quarta temporada, seguindo-se o pequeno Timmy Martin (interpretado por Jon Provost, dos episódios 116 a 352),, entre 1954 e 1964, Corey Stewart, de 1964 a 1968 e Lucy Baker, até ao final, a seguir a um período em que Lassie andava por um lado e por outro, sem dono específico, relacionando-se com várias pessoas, adultos e crianças.





Como curiosidade, apesar de na série Lassie ser identificada como sendo uma cadela, dizem que na verdade esse papel sempre foi interpretado por um macho.
 Lassie estreou no Brasil no final da década de 1950 na Tv Tupi, onde era patrocinada pelo creme dental Kolynos. Ficou na programação da emissora até 1966 quando passou a ser exibida pela Rede Globo.
Em meados da década de 1970 a série passou a ser exibida em cores na Rede Globo logo após Globo Cor Especial.






AH!!...BONS TEMPOS

domingo, 5 de agosto de 2012

APHRODITE' S CHILD


Aphrodite's Child foi uma banda grega de rock progressivo formada em 1968 pelo vocalista Demis Roussos, o multi-instrumentalista Vangelis Papathanassiou e o baterista Loukas Sideras.
Depois de uma tentativa frustrada para entrar na Inglaterra, a banda reagrupou-se em Paris, onde o guitarrista Anargyros "Silver" Koulouris juntou-se a eles (embora ele fosse forçado a deixar a banda devido a prestação do serviço militar, com a guitarra e baixo sendo tocados por Roussos durante sua ausência).


A biografia do Aphrodite’s Child se mescla com a do artista Demis Roussos, o vocalista desse grupo. A partir dos 15 anos de idade, quando sua família mudou-se do Egito e voltou para a Grécia, Demis participou de vários grupos musicais. O primeiro, com 17 anos, The Idols, onde Demis tocava guitarra e baixo; os outros membros dos Idols: Jo (primo de Demis), Natis Lalaitis, Nikos Tsiloyan e Anthony. Nessa época, Demis tinha de trabalhar para sustentar sua família. Já nesse grupo Demis começou a destacar-se como cantor, a partir do momento no qual foi solicitado para substituir o vocalista, que estava cansado, para cantar algumas canções (o que começou com “The House of the Rising Sun” e “When a Man Loves a Woman”).

Com o compositor Lakis Vlavianos, Roussos deu início à banda We Five, já como vocalista principal. Mas somente começou a ficar mais conhecido a partir de 1968, com a banda de rock progressivo Aphrodite’s Child, formada no Reino Unido, para a qual Demis associou-se a outros dois músicos gregos, respectivamente, Vangelis (ou Vangelis Papatanassiou) e Loukas Sideras, primeiramente como vocalista e depois também como guitarrista e baixista. Vangelis ficou como compositor principal e tecladista, enquanto Loukas cuidava da bateria. No entanto, por falta de permissão para trabalhar na Inglaterra, o grupo mudou-se para Paris, então atingida pela Revolução de Maio de 1968. O primeiro álbum foi Rain and Tears, o qual obteve tremendo sucesso e vendeu um milhão de discos apenas na França. Nos próximos anos, o desempenho do grupo foi excelente. Com a voz de estilo de ópera de Roussos, a banda passou a ter sucesso em nível internacional, inclusive com 666, o último álbum. Logo após o lançamento dessa obra, por razões diversas, decidiram acabar com o grupo. Mas antes da dissolução, o Aphrodite´s Child estourou na Europa e outros países com grandes sucessos, tais como: Rain and Tears (Compositor: Vangelis, letrista = Boris Bergman); It’s Five O’clock, I Want to Live, End of the World e Spring, Summer, Winter and Fall.

Nesse meio tempo, o também compositor Roussos casou-se com Monique, com quem teve uma filha, Emilie. Com o apoio da gravadora Phonogram, Demis iniciou então sua carreira solo. Seu primeiro grande sucesso, não somente na França como em toda a Europa, foi We Shall Dance, lançado no verão de 1971.
Seguiram sucessos como My Reason (junho de 1971), Velvet Mornings (canção também conhecida como “Tric, tric, tric” – composta pelo grego de Atenas, Lakis Vlavianos, que também fez as composições da maioria das canções de sucesso de Roussos, tais como, My Friend the Wind e Someday Somewhere).
Em 1973, quando fez uma turnê na América do Sul, foi lançado o segundo álbum de Roussos, Forever and Ever. Canções como When I was a Kid, Goodbye my Love Goodbye impulsionaram ainda mais a carreira do cantor solo, chamado de “o Papa do pop”, que até aí já vendera dois milhões de discos. Mas isto foi apenas o começo.

Em 1974 foi o lançamento do novo álbum My Only Fascination. Nos seus três primeiros anos de carreira solo, Demis Roussos demonstrou enorme dinamismo e vitalidade. Eis o saldo de suas atividades em 1.000 dias: 380 concertos em 18 países; total de 400.000 km em viagens de avião; 100.000 km em viagens de carro; participação em 120 programas de televisão e 180 programas de rádio; participação em três festivais; gravações de 40 canções e três álbuns que consumiram 600 horas de trabalho em estúdios; recebimento de 15 discos de ouro, e, para coroar tudo, venda total de 9 milhões de discos.
Sua agenda para 1975 compreendeu cinco turnês de 45 dias em cinco continentes, e em 15 de setembro desse mesmo ano, para felicidade do casal Demis / Dominique, nasceu o filho Cyril. Foi lançado também em 1975 o álbum Souvenirs, e em 1976 o álbum Happy to Be. Até 1977 o músico já havia vendido 30 milhões de discos em nível mundial.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

PROCOL HARUM

Procol Harum é uma banda britânica de rock progressivo formada no início dos anos 60. Eles são mais conhecidos por seu compacto "A Whiter Shade of Pale", número um nas paradas de sucesso inglesas.
Formada das cinzas de um grupo chamado "Paramounts" liderado por Gary Brooker e Robin Trower, a estreia ao vivo do Procol foi abrindo um concerto de Jimi Hendrix em 1967, o que levou a recém-lançanda "A Whiter Shade of Pale" ao topo das paradas. Um LP e outros compactos seguiram-se, mas sem alcançar o sucesso daquela primeira gravação.

Durante os anos 70 o grupo Procol Harum permaneceu mais popular do que outras bandas de rock progressivo mais sofisticadas, como Emerson, Lake & Palmer. O grupo continuou apesar das diversas mudanças na formação, mas o declínio das vendas decretou o fim do grupo em 1977.
A banda reuniu-se em 1991 para o lançamento de Prodigal Stranger, que não obteve muita repercussão. Uma nova encarnação do Procol, liderada por Brooker, está na estrada em turnê pelos EUA desde 1992.


O nome da banda foi escolhido por seu empresário, inspirado no nome do gato de um amigo seu. Traduzido do latim, significa algo como "Através dessas coisas".
O asteróide 14024 Procol Harum tem esse nome em homenagem à banda.
Recentemente, a justiça do Reino Unido concedeu ao tecladista da banda, Matthew Fisher, 40% da autoria de "A Whiter Shade of Pale". A alegação de Fisher para o pedido é o refrão e o solo de órgão da canção, os quais estão entre seus elementos mais distintivos. O juiz do caso disse que a contribuição do organista foi "substancial", embora não tão grande quanto a contribuição do cantor.

AH!!.."BONS TEMPOS"