quarta-feira, 27 de junho de 2012

DION & THE BELMONTS


Dion and the Belmonts foi um grupo formado em 1958 por Dion DiMucci, Fred Milano, Angelo D'Aleo e Carlo Mastangelo - todos nascidos no Bronx. Eram vistos como um quarteto de doo-wop ítalo-americano tentando imitar os melhores grupos negros.


Depois de um primeiro single mal sucedido, o grupo assinou com a Laurie Records. Seu sucesso veio quando "I Wonder Why ficou no top 100 da Billboard .O grupo apareceu pela primeira vez no programa de Tv Dick Clark Tv Show. Seguiram com hits: No One Knows e Don’t Pity Me.

Em março de 1959 Dion and the Belmonts fez o um album Presenting Dion and the Belmonts seguido com o hit ""A Teenager in Love"que também ficou no top 100 Billboard ,.O seu mais grande sucesso "Where or When"foi lançado em Novembro de 1959, e conseguiu o 3º lugar do top 100 da Billboard.Em 1960 Dion foi internado com dependência de heroína,e Dion foi convidado a deixar a banda.


Outros singles lançados naquele ano foram menos prósperos.Além disso , havia disputas musicais e financeiras entre Dion e membros do Belmonts.Em Outubro de 1960 Dion decidiu sair do grupo para fazer carreira solo. Em carreira solo e levando o nome do grupo, emplacou sucessos como "Runaround sue" e "The Wanderer". 


Dion Voltou em 1968 com "Abraham, Martin and John", regravada posteriormente por Marvin Gaye.Os Belmonts também continuaram lançando músicas, mas com menos sucesso.



"The Wanderer" ganhou, no Brasil, uma versão chamada "Lobo Mau", com letra de Erasmo Carlos e gravada pelo parceiro de composições deste, o também cantor Roberto Carlos.




 AH!!...BONS TEMPOS

Um comentário:

  1. I was born to cry também foi um grande clássico e hit desta turma, cuja versão fez sucesso no Brasil na voz de Roberto Carlos " Nasci para chorar" e também com o Raimundo Fagner no seu LP "Último Pau de Arara" , este último long play consta a Antológica canção "Canteiros" que é um poema de Cecília Meireles.

    ResponderExcluir