domingo, 13 de novembro de 2011

LITTLE RICHARD



Nasceu Richard Wayne Penniman, no dia 5 de dezembro de 1932 em Macon, Georgia, Estados Unidos.

Little Richard tem lugar cativo na história do rock’n’roll como um de seus pioneiros e maiores nomes em todos os tempos. Sua postura cênica, seu confrontamento radical aos tabus raciais e sexuais, o ritmo selvagem e primitivo de sua música, seu estilo de vida, seu jeito de vestir-se, falar e dançar o transformaram-no perante a juventude, num símbolo da rejeição aos valores da classe média.

Assim que sua música e sua voz começaram a ser ouvidas para além dos pequenos bares e clubes da Georgia, Richard conheceu o sucesso com hits inesquecíveis como “Tutti Frutti” (de onde veio o grito de guerra “A wop-bop-a-loo-mop-alop-bam-boom”), “Rip it up”, “Ready Teddy”, “Long Tall Sally”, “Good Golly Miss Molly” e tantos outros.

No início dos anos 60 (após escapar ileso de um acidente aéreo), Richard abandonou o rock e tornou-se pastor evangélico. Tentou voltar em 1975 com uma turnê desastrosa (vibrante pela Europa), mas a morte de um irmão o levou de volta à igreja para somente na segunda metade da década de 80 voltar a emplacar um sucesso nas paradas, “Great Gosh a Mighty” do filme Beverly Hills Cop.


Isto lhe permitiu uma volta também ao meio artístico e uma aparição histórica na entrega dos prêmios Grammy ao clamar para si próprio o troféu que deveria entregar.

Continua a atuar e a ser uma das figuras mais bizarras e revolucionárias do rock




Nenhum comentário:

Postar um comentário