quinta-feira, 28 de julho de 2011

THE TEMPTATIONS


THE TEMPTATIONS

The Temptations (por vezes abreviado como The Temps ou The Tempts) é um grupo vocal americano que conquistou fama como um dos números mais bem-sucedidos a gravar para a Motown Records. O repertório do grupo incluiu, ao longo de sua carreira de cinco décadas, R&B, doo-wop, funk, disco, soul e adult contemporary.

Formado em Detroit, Michigan, em 1960, como The Elgins, os Temptations sempre contaram com pelo menos cinco vocalistas/dançarinos do sexo masculino. O grupo, célebre por sua coreografia inconfundível, harmonias distintas e roupas usadas no palco, já foram definidos como tão influentes ao soul quanto os Beatles foram para o pop e o rock. Tendo vendido dezenas de milhões de álbuns, os Temptations são um dos grupos de maior sucesso na história da música e foram descritos como o grupo vocal masculino definitivo da década de 1960. O grupo têm o maior tempo de serviço com a Motown, depois de Stevie Wonder, tendo permanecido com a gravadora por um total de 40 anos: 16 de 1961 a 1977, e mais 24 de 1980 a 2004 (de 1977 a 1980 estiveram contratados pela Atlantic Records). Em 2009 os Temptations continuam a se apresentar, e gravam para a Universal Records com o único membro vivo da formação original, o co-fundador Otis Williams.

O grupo original incluía os membros de dois grupos vocais de Detroit: The Distants, com o segundo tenor Otis Williams, primeiro tenor Elbridge "Al" Bryant e o baixo Melvin Franklin, e o primeiro tenor/falsetto Eddie Kendricks e o segundo tenor/barítono Paul Williams (sem parentesco com Otis), do The Primes. Entre alguns dos cantores mais célebres que passaram pelo grupo estiveram David Ruffin e Dennis Edwards (ambos dos quais se tornaram artistas solo de sucesso pela Motown após deixar o grupo), Richard Street (outro ex-Distant), Damon Harris, Ron Tyson, Ali-Ollie Woodson, Theo Peoples e G.C. Cameron. Como seu "grupo-irmão" feminino, o Supremes, a formação do Temptations mudou com frequência, especialmente nas últimas décadas.

Ao longo de sua carreira o Temptations lançou quatro singles que chegaram à primeira posição da Billboard Hot 100 e 14 singles que chegaram à primeira posição na categoria R&B. Sua obra também lhes rendeu três Prêmios Grammy, para o compositor e o produtor musical responsável pelo seu sucesso de 1972, "Papa Was a Rollin' Stone"; o grupo foi o primeiro contratado da Motown a conquistar um Grammy. Seis dos Temptations (Dennis Edwards, Melvin Franklin, Eddie Kendricks, David Ruffin, Otis Williams e Paul Williams) foram indicados ao Rock and Roll Hall of Fame, em 1989, e três canções clássicas do grupo, "My Girl", "Ain't Too Proud to Beg" e "Papa Was a Rollin' Stone", foram incluídas nas suas 500 Canções que Formaram o Rock and Roll.

DISCOGRAFIA

    1965: The Temptations Sing Smokey (R&B #1)
    1965: The Temptin' Temptations (R&B #1)
    1966: Gettin' Ready (R&B #1)
    1966: Greatest Hits (R&B #1) (US #5)
    1967: Temptations Live! (R&B #1) (US #10)
    1967: The Temptations with a Lot o' Soul (R&B #1) (US #7)
    1967: The Temptations in a Mellow Mood (R&B #1)
    1968: The Temptations Wish It Would Rain (R&B #1)
    1968: The Temptations Show (R&B #2)
    1968: Diana Ross & the Supremes Join The Temptations (with Diana Ross & The Supremes) (R&B #1) (US #2)
    1968: TCB (with Diana Ross & The Supremes) (R&B #1) (US #1)
    1968: Live at the Copa (R&B #2)
    1969: Cloud Nine (R&B #1) (US #4)
    1969: Puzzle People (R&B #1) (US #5)
    1969: Together (R&B #6)
    1969: On Broadway (R&B #4)
    1970: Psychedelic Shack (R&B #1) (US #9)
    1970: Live at London's Talk of the Town (R&B #5)
    1970: Greatest Hits, Vol. 2 (R&B #2)
    1971: Sky's the Limit (R&B #2)
    1972: Solid Rock (R&B #1)
    1972: All Directions (R&B #1) (US #2)
    1973: Masterpiece (R&B #1) (US #7)
    1973: Anthology (R&B #5)
    1973: 1990 (R&B #2)
    1975: A Song for You (R&B #1)
    1975: Wings of Love (R&B #3)
    1976: The Temptations Do The Temptations (R&B #10)
    1982: Reunion (R&B #2)
    1984: Truly For You (R&B #3)
    1986: To Be Continued (R&B #4)

fonte: Wikipedia




quinta-feira, 21 de julho de 2011

RADIOS DIFUSORA E EXCELSIOR


Excelsior e Difusora eram as rainhas da radio paulistana, numa época em que as FMs ainda eram especialistas na chamada "música de elevador".

As duas emissoras lançaram uma série de coletâneas que marcaram época.

" AO SOM DA MÁQUINA... EXCELSIOR ", ouvia-se  muita essa rádio nos anos 70 quando ainda nem sonhava com o Fm , a rádio que se ouvia éra a Excélsior Am 780 khz e a Difusora Am 960 Khz eram as Tops da época , Lembro que ficava mudando de uma para outra procurando onde estava tocando a melhor música da época para gravar no meu cassete record.  AH !! BONS TEMPOS...








ENTREVISTA COM ANTONIO CELSO DIRETOR ARTÍSTICO DA RADIO EXCELSIOR,
NÃO DEIXEM DE OUVIR, MUITO INTERESSANTE.



quinta-feira, 14 de julho de 2011

WHY DO FOOLS FALL IN LOVE (Filme)


Sinopse

Harlem, 1955. Frank Lymon (Larenz Tate) é um adolescente que, com um grupo de amigos, compôs e gravou a canção "Why Do Fools Fall In Love". A canção se tornou imediatamente um sucesso, vendendo milhões de discos no mundo todo. Foi um dos primeiros sucessos da nova música chamada "rock and roll". No entanto sua carreira fracassou, em parte por ser um viciado em heroína, o que provocou sua morte prematura, por overdose. No meado dos anos 80, Elizabeth "Mickey" Waters (Vivica A. Fox), uma pequena ladra que cumpria pena na Pensilvânia, ouve uma música no rádio que lhe chama a atenção. Assim arruma um advogado, Peter Markowitz (David Barry Gray), e lhe diz que era viúva de Frank. Como a música agora se tornara sucesso novamente com Diana Ross, ela crê que deva receber alguma quantia proveniente de direitos autorais. Logo é libertada, já que a pena estava no fim, mas ao reivindicar seus direitos fica sabendo que Zola Taylor (Halle Berry), uma cantora que obteve sucesso no passado, e Emira Eagle (Lela Rochon), uma professora escolar, também alegam serem viúvas de Frank. Desta forma o caso vai parar nos tribunais.

ASSISTA O TRAILER

quinta-feira, 7 de julho de 2011

SIMON & GARFUNKEL


Simon & Garfunkel foi uma conhecida dupla norte-americana de folk rock dos anos de 1960, formada por Paul Simon e Arthur 'Art' Garfunkel. Os dois se conheceram ainda no colégio, em 1953, quando interpretaram em uma encenação de Alice no País das Maravilhas, em que Simon interpretava o Coelho Branco e Garfunkel como o Gato de Cheshire.

Filhos da comunidade judaica do Brooklin, em Nova York, em 1957, formaram a dupla adolescente Tom and Jerry, e conseguiram um relativo sucesso com o hit "Hey Schoolgirl". No início dos anos de 1960, a parceria momentaneamente se desfez, quando Paul Simon foi cursar a Faculdade de Letras, mas em 1963 voltaram a trabalhar juntos.

Aproveitando a onda folk da época, lançaram pela gravadora Columbia um álbum acústico em 1964, que não teve repercussão. Reunia canções folk tradicionais como "Pretty Peggie-O", espirituais como "Go tell in the Mountain" e canções de Simon, como a conhecida "The Sound of Silence", já com as belas e características harmonias vocais da dupla. Como venderam muito pouco, Paul Simon foi tentar a sorte no circuito folk inglês e ao retornar à América em 1965, encontrou "The Sound of Silence", lançada em single, com acompanhamento de baixo, guitarra e bateria, agora conhecida no circuito musical. A gravadora acrescentara estes instrumentos à gravação acústica de 1964 e tranformou-o num clássico do folk-rock.

Reencontrando-se com Garfunkel, Paul Simon entrou rapidamente em estúdio para gravar um novo álbum, desta vez com instrumentos elétricos e devidamente chamado The Sound of Silence. Aproveitaram canções que Paul Simon vinha compondo de longa data e chegaram ao sucesso. Entre seus hits históricos estão: I Am A Rock, Richard Cory, America, The boxer, Cecilia, entre outras. Contribuíram com diversas canções para a trilha sonora do filme A Primeira Noite de um Homem (The Graduate), em 1968, em especial "Mrs.Robinson", que representou o auge do sucesso da dupla.

Ao mesmo tempo, a relação de Simon & Garfunkel começou a desgastar-se. Seu último álbum, Bridge Over Troubled Water, de 1970, foi marcado por desavenças devido a diferenças artísticas entre ambos. A canção título foi um sucesso espetacular e a separação logo em seguida lamentada pelos fãs. Contudo, em meados dos anos de 1970, reataram a amizade e chegaram a colaborar mutuamente em músicas solo de cada um. Em 1981 reencontraram-se para um mega-concerto no Central Park de Nova York que foi assistido por cerca de 500.000 pessoas, rendendo um álbum duplo ao vivo.

Discografia

    1964: Wednesday Morning, 3 A.M.
    1966: Sounds of Silence
    1966: Parsley, Sage, Rosemary and Thyme
    1966: Sound of Silence LIVE
    1968: The Graduate
    1968: Bookends
    1970: Bridge Over Troubled Water
    1982: The Concert in Central Park
    1997: Old Friends
    2002: Live From New York City, 1967
    2003: The Essential
    2004: Old Friends Live On the Stage

FONTE: Wikipédia



AH... BONS TEMPOS!!!