quinta-feira, 26 de maio de 2011

RITA PAVONE


Começou sua carreira como cantora em 1962 e, pouco tempo depois, torna-se um sucesso mundial, fazendo também exitosas turnês em países da América Latina. Lança vários singles em seguida, como La partita di pallone, Alla mia età, Come te non c’è nessuno, Datemi un martello, Che m'importa del mondo, Cuore, Viva la pappa, Il geghegè e Fortissimo, atingindo o topo das paradas.

Em 1969 sua carreira desacelera na Itália, participou do Festival de San Remo com Zucchero e, no ano seguinte, com Ahi ahi ragazzo! e em 1972 com Amici mai. Emplacou vários sucessos em outros países como Alemanha (Arrivederci Hans), Bonjour la France (França), Io che amo solo te (Brasil).

Neste segundo período da sua carreira toma um caminho mais difícil e, conseqüentemente, menos premiada pelo resultado das vendas, das canções de autor, estabelecendo-se também como compositora.

Depois de uma vida de concertos em várias partes do mundo, Rita anuncia no primeiro dia de 2006 que deixa definitivamente os palcos, cantando pela última vez em público.

Nas eleições legislativas italianas de 2006, Rita candidatou-se a uma vaga no senado italiano, disputando pela circunscrição dos italianos no exterior, não sendo eleita

DISCOGRAFIA

    * "La Partita di Pallone /Amore Twist" (1963)
    * "Come te non c'è nessuno/Clementine Cherie" (1963)
    * "Alla mia età /Pel di carota"
    * "Cuore/Il Ballo del Mattone" (1963)
    * "Non è facile avere 18 anni / Son finite le vacanze" (1964)
    * "Che m'importa del mondo /Datemi un martello" (1964) (cover of "If I had a hammer")
    * "Scrivi/ Ti vorrei parlare" (1964)
    * "L'amore mio / San Francesco" (1964)
    * "Viva la pappa col pomodoro /Sei la mamma" (1965)
    * "Lui/La forza di lasciarti" (1965)
    * "Il Plip /Supercalifragilispiespiralidoso" (1965)
    * "Stasera con te /Solo tu" (1965)
    * "Il geghegè / Qui ritornerà" (1965)
    * "Fortissimo /La sai troppo lunga" (1966)
    * "Mamma dammi la panna / Col chicco" (1966)
    * "La zanzara / Perchè due non fa tre" (1966)
    * "Dove non so / Gira Gira" (1966)
    * "Una notte intera /Questo nostro amore" (1967)
    * "Una notte intera" promo jolly hotels
    * "I tre porcellini/Con un poco di zucchero" (1967)
    * "Non dimenticar le mie parole/Da cosa nasce cosa" (1967)
    * "Tu sei come / Ma che te ne fai" (1968)

Ah!...   " Bons tempos "



quinta-feira, 19 de maio de 2011

THE EVERLY BROTHERS


Don (nascido em 1 de fevereiro de 1937 em Brownie, uma pequena província - já extinta - perto de Central City, Kentucky), e Phil Everly (nascido em 18 de janeiro de 1939 em Chicago, Illinois), são músicos de rock and roll com influência de música country que alcançaram o sucesso nos anos 50.

Com um som leve, calcado mais no violão e em harmonias vocais, e com seus versos inocentes e caras limpas, o Everly Brothers nunca foi, em seu auge, considerado uma ameaça à sociedade (como acontecia por exemplo com Chuck Berry e Little Richard); eles foram um dos grupos de rock mais importantes da música por suas canções, que ajudaram a fazer a ponte entre o rock e a música country de uma maneira que agradasse os fãs de ambos os estilos. Além disso, seu estilo de cantar harmonicamente influenciou praticamente quase todas as bandas de rock dos anos 60.

A dupla se separou em 1973, mas retornou em 1983 com um novo álbum produzido por Paul McCartney e Dave Edmunds. On The Wings Of A Nightingale foi sucesso tanto nos Estados Unidos quanto no Reino Unido.

Em 1990,o A-ha regravou um dos sucessos da dupla, "Crying In The Rain", uma canção que fez muito sucesso com eles também.

O Everly Brothers teve um total de 26 canções no top 40 da Billboard Hot 100. Em 1986 eles estavam entre os 10 primeiros artistas a entrarem para o Hall da Fama do Rock and Roll, e seriam também incluídos no Hall Da Fama da Música Country em 2001. Eles ainda se apresentam como uma dupla ao redor do mundo.





DISCOGRAFIA

    * The Real Everly Brothers (1958)
    * The Everly Brothers (Cadence) (1958)
    * Songs Our Daddy Taught Us (Rhino) (1959)
    * Songs Our Daddy Taught Us (Ace) (1959)
    * It's Everly Time (1960)
    * Rockin' With (Mini EP) (1960)
    * The Fabulous Style Of The Everly Brothers (1960)
    * A Date With The Everly Brothers (1961)
    * Both Sides Of An Evening (1961)
    * Souvenir Sampler (1961)
    * Christmas With The Everly Brothers (1962)
    * Instant Party (1962)
    * Folk Songs Of The Everly Brothers (1962)
    * Rock 'n' Soul (1965)
    * Gone, Gone, Gone (1965)
    * Beat & Soul (1965)
    * In Our Image (1966)
    * Two Yanks In England (1966)
    * The Hit Sound Of The Everly Brothers (1967)
    * The Everly Brothers Sing (1967)
    * Roots (1968)
    * Wake Up Little Susie (Harmony) (1969)
    * Chained To A Memory (1970)
    * Everly Brothers Show (1970)
    * Stories We Could Tell (1972)
    * Don't Worry Baby (1973)
    * Pass The Chicken And Listen (1973)
    * Everlys (1975)
    * New Album (1977)
    * The Everly Brothers (Profile) (1981)
    * EB 84 (1984)
    * Home Again (1985)
    * All They Had To Do Was Dream (1985)
    * Born Yesterday (1986)
    * The Everly Brothers (Bella Musica) (1988)
    * Some Hearts (1989)
    * Heartaches And Harmonies (1994)
    * Rod Stewart (2006)

Derrepente este video me fez sentir uma tremenda saudades dos "Bons Tempos"




sexta-feira, 13 de maio de 2011

FILME " LA BAMBA "

LA BAMBA

Narra a história do cantor estadunidense Ritchie Valens, que teve uma carreira meteórica no final dos anos 50 embalada com grandes sucessos como "Donna", uma balada romântica composta para uma garota pela qual se apaixonou nos tempos de colégio, Donna Ludwig, e a mais famosa e título do filme, "La Bamba", música tradicional mexicana, transformada em rock and roll por Valens, até o trágico acidente aéreo de 3 de Fevereiro de 1959, que matou Valens, com apenas 17 anos, Buddy Holly e The Big Bopper, o qual ficou conhecido como o dia em que o rock morreu.




                                                             RITCHIE VALENS




ASSISTA  O TRAILER



TRILHAS SONORAS DO FILME



sábado, 7 de maio de 2011

NEIL SEDAKA


Neil Sedaka (Brooklyn, New York, 13 de março de 1939) é um cantor, pianista e compositor americano geralmente associado com o Brill Building (estúdio musical). Ele fez parceria com Howard Greenfield para compor muitos de seus sucessos, tanto para si como para outros cantores. A voz de Sedaka é identificada com a de tenor. O maior sucesso de Neil é a canção "Oh Carol" de 1959. Além de "Oh Carol", outras canções de Neil Sedaka fizeram sucesso entre o final da década de 1950 e início dos anos 1960. "The Diary" (provavelmente de 1958) fez parte da trilha sonora da novela Esplendor, da Rede Globo. As músicas "Breakin' Up Is Hard To Do" e "Calendar Girl", esta última de 1961 e a primeira de 1962, além de "Laughter in the Rain" são outros sucessos do cantor. Curiosidade: quando o grupo sueco ABBA estava no início de carreira, Neil Sedaka ajudou a fazer a versão em inglês de uma das primeiras canções do grupo nessa língua. A canção é Ring Ring , incluida no álbum de mesmo nome, em 1973.

Discografia


    * 1958 - Neil Sedaka and The Tokens and Coins
    * 1959 - Neil Sedaka with The Tokens
    * 1959 - Rock with Sedaka (ou apenas "Neil Sedaka")
    * 1961 - Circulate
    * 1961 - Neil Sedaka Sings Little Devil and His Other Hits
    * 1963 - Neil Sedaka Sings His Greatest Hits
    * 1963 - Three Great Guys (com Paul Anka e Sam Cooke)
    * 1963 - El Pianista Neil Sedaka Interpreta a Neil Sedaka el Compositor
    * 1963 - Neil Sedaka Canta en Español
    * 1964 - Más Neil Sedaka en Español
    * 1964 - Neil Sedaka Italiano
    * 1964 - Neil Sedaka Italiano, vol. 2
    * 1965 - Smile
    * 1969 - Sounds of Sedaka
    * 1969 - Workin' on a Groovy Thing
    * 1970 - Oh Carol! Neil Sedaka with Stan Applebaum & Orchestra
    * 1970 - On Stage (Live)
    * 1971 - Emergence
    * 1972 - Neil Sedaka
    * 1972 - Solitaire
    * 1973 - The Tra-La Days Are Over
    * 1974 - Laughter in the Rain
    * 1974 - Live at the Royal Festival Hall
    * 1974 - Sedaka's Back
    * 1975 - Overnight Success
    * 1975 - The Hungry Years
    * 1975 - Oh Carol & Other Big Hits
    * 1976 - Sedaka Live in Australia at the South Sydney Junior Leagues Club
    * 1976 - Steppin' Out
    * 1976 - Stupid Cupid
    * 1976 - Laughter & Tears: The Best of Neil Sedaka Today
    * 1977 - Neil Sedaka's Greatest Hits
    * 1977 - Neil Sedaka & Songs - A Solo Concert (live)
    * 1977 - A Song
    * 1978 - All You Need Is the Music
    * 1978 - The Many Sides of Neil Sedaka
    * 1979 - Let's Go Steady Again
    * 1979 - Sunny
    * 1980 - In the Pocket
    * 1981 - Now
    * 1984 - Come See About Me
    * 1986 - The Good Times
    * 1986 - My Friend (dedicado à memória de Howard Greenfield)
    * 1991 - Timeless - The Very Best of Neil Sedaka (inclui antigas e novas músicas)
    * 1993 - Love Will Keep Us Together (compilação e novas músicas)
    * 1994 - Laughter in the Rain: The Best of Neil Sedaka, 1974-80
    * 1995 - Classically Sedaka
    * 1995 - Tuneweaver
    * 1998 - Tales of Love
    * 2003 - Brighton Beach Memories - Neil Sedaka Sings Yiddish
    * 2003 - The Show Goes On
    * 2003 - Oh! Carol: The Complete Recordings, 1955-66 (box com 8 CDs)
    * 2006 - The Very Best of Neil Sedaka: The Show Goes On
    * 2006 - Neil Sedaka: Live at the Royal Albert Hall - The Show Goes On
    * 2007 - The Definitive Collection
    * 2008 - The Miracle of Christmas
    * 2009 - Waking Up Is Hard to Do
    * 2009 - The Music of My Life






sexta-feira, 6 de maio de 2011

terça-feira, 3 de maio de 2011