domingo, 5 de dezembro de 2010

Shadows - Wonderful Land (From "The Final Tour" DVD)





Formado pelas guitarras de Hank Marvin (solo) e Bruce Welch (ritmo) mais Terry "Jet" Harris no baixo e Tony Meham na bateria, The Shadows era uma aula de simplicidade com riffs pegajosos e os solos estupendamente cristalinos de Hank Marvin. Era água de cascata, pai e mãe da surf music e de tudo que veio depois.

Não tem distorção, não tem escalas estratosféricas, só um "uila ula" deslizante, onde os arpejos e solinhos deliciosos de Marvin fazem pensar que Haiti que nada, o Havaí é que é aqui com caipirinha do abacaxi e tudo. Tá cafona? Tá escapista? Então tá, o último não esqueça de ascender à luz.



3 comentários:

  1. SHADOWS SEMPRE SERÃO SHADOWS. Coheço os Shadows desde o seu aparecimento até à sua ofuscação em detrimento do aparecimento dos Beatles, mas os seus solos sempre ficaram na lembrança.
    Sou fã incondicional deste grupo que foi praticamente o precursor das bandas compostas por três guitarras e uma bateria, que proliferaram e ainda proliferam pelo mundo todo.

    ResponderExcluir
  2. Este som me faz recordar os intervalos das matines do Cine Cliper na Freguesia do Ó SP SP ali pelos anos 60's...entre um filme e outro tocavam musicas, a maioria eram instrumentais, The Shadows, Incriveis, The jordans e muitos outros...Bons Tempos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Gilberto!!
      Realmente bons tempos aqueles que jamais esqueceremos

      Obrigado por nos acompanhar

      Bartaquine

      Excluir